segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

RESENHA - Viagem ao centro da Terra (Júlio Verne)



Assim começa a aventura em que dois homens, acompanhados do leal guia Hans Bjelke, partem para os confins da Islândia, em busca da cratera que supostamente os levará ao centro da Terra. A promessa de descobrir um mundo subterrâneo, completamente desconhecido e até mesmo inimaginável, é o que os impele. Mas será que de fato alcançarão o centro do nosso planeta? E, se sim, como farão para retornar?


O que esperar de um personagem que é descrito como um terrível excêntrico, avarento e que quando faz cara de inocente parece estar fazendo a careta do diabo? Podemos esperar atitudes inusitadas, impensadas e impulsivas, tudo isso em uma única pessoa o professor Lidenbrock, que juntamente com seu sobrinho Axel formam os personagens principais de “Viagem ao centro da Terra”.

Lidenbrock é um professor de mineralogia que adora livros raros, por isso não é de se espantar quando ele chega em casa com um exemplar de um livro islandês do qual não faz idéia do que está escrito nele, o que importa é que é raro e velho, porém ao mexer no livro encontra uma “carta” com caracteres que ele também não entende, mas que fica obsessivo em descobrir, e para isso também conta com a ajuda do sobrinho, o fato é que quando ele se vê envolvido em um novo mistério como esse, ele se priva de comida por horas ou dias e faz com que todos da casa também fiquem sem comer, o que convenhamos é um absurdo.

O manuscrito os leva a provável entrada ao Centro da Terra, Axel se mostra descrente quando a veracidade disso, e acredita que não passa de uma brincadeira ou excentricidade de um velho louco, mas é arrastado para uma viagem cheia de muitas dificuldades e mistérios na qual jamais ousou pensar que embarcaria. Fora o fato de que apenas outras duas pessoas sabem parcialmente o que estão fazendo, ou seja, se desaparecerem ninguém nunca os achará, já que o único exemplar do livro é o do próprio Lidenbrock, os demais foram queimados quando Saknussemm, o autor, foi considerado um herege. Quando finalmente entram no Centro da Terra, Lidenbrock e Axel se vêem em uma jornada em busca de uma saída a qual podem não encontrar rápido o suficiente.

Julio Verne é, corretamente, considerado o pai da ficção cientifica, ele que nasceu em 1828 escreveu livros que poderiam ser até verdade de tamanha é a “veracidade” que vemos na forma que ele escreve, o autor passa tamanha confiança em seus textos que por vários momentos podemos acreditar que viajar ao centro da terra é possível, não é atoa que existem pessoas que acreditam que seja mesmo possível realizar tal façanha.

Quem nunca leu um livro de Verne recomendo que comecem por “Volta ao mundo em 80 dias” que possui uma escrita mais suave que “Viagem ao centro da Terra”, além de ter uma linguagem mais “atual” também, muito embora ambos os livros sejam MARAVILHOSOS.

O livro possui diversas impressões de várias editoras, eu li a da Martin Claret que é uma edição de bolso, tem o texto na integra e é bem baratinho, não passa de R$15,00, outras versões similares chegam até a R$50,00.

Quanto às adaptações do livro para o cinema assisti apenas a feita em 2008 com Brendan Fraser (do filme A Múmia) e Josh Hutcherson (Jogos Vorazes) no elenco, a adaptação não é fiel, mas é feita com base no livro. É bem divertido no estilo sessão da tarde, mas se você espera uma adaptação mais fiel, é melhor procurar outra.

Livro: Viagem ao centro da Terra
Autor: Julio Verne
Editora: Martin Claret
I.S.B.N.: 8572324976
Formato: 18,5x12
Paginas: 214


Esse livro faz parte das leituras para o DESAFIO UM LIVRO POR MÊS, TODOS OS MESES DO ANO de 2013, no qual no mês de FEVEREIRO deveria ser lido um livro Steampunk 
 

6 comentários:

  1. Esse livro parece ser ótimo mesmo, sempre tive curiosidade de ler por completo, só li adaptações e dizem que Julio Verne é o máximo, adorei a resenha!

    beijos, Lu
    Lendo ao Luar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é muito bom mesmo
      e Julio Verne é um excelente autor

      bjos

      Excluir
  2. Eu sempre quis ler esse mas nunca tive oportunidade D:

    ResponderExcluir
  3. De Verne na biblioteca de minha família só tem Viagem ao Centro da Terra (que terminei de ler ontem) e Vinte Mil Léguas Submarinas, que minha irmã diz ser BEM mais denso que o primeiro. Mas durante minha infância eu e meus irmãos brincávamos muito com um jogo de baralhos "Volta ao Mundo em 80 Dias" e eu queria mesmo ler este livro. Interessante saber que ele é suave como Viagem ao Centro da Terra.

    Das adaptações eu cheguei a ver alguns pedaços da de 2008. Queria comprar mas não acho para vender (achei por 40 reais... mas 40 reais por um DVD de 2008 é complicado). Tem outra adaptação mais antiga de 1959 que eu comprei para ver...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 20 mil leguas eu ainda nao li, mas falam q é bom tb, volta ao mundo ainda é o meu favorito dele

      se vc ja tiver visto o filme me fala o que achou?!

      bjos

      Excluir


Se Chegou até aqui que tal comentar?!

Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)


- POR FAVOR deixe uma identificação, pode ser apenas o seu nome, muitos comentários estão como anônimos.

- AVISO: O blog não disponibiliza livros para download, e nem permite comentários que contenham links para essa finalidade.

- Não deixe de visitar as demais postagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...